segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

REFLEXÃO SEMANAL.....O PERDÃO




            Este assunto é bastante complexo

Perdoar não é uma das missões mais simples,requer uma ajuda além das nossas forças.
Há muitas opiniões a cerca deste assunto,muitos por causa da mágoa e decepção causada por alguém dizem * nunca vou perdoar*,ou*vou levar isso para o caixão*.
È difícil !!!! Perdoar não é tão simples como se imagina.
O que esquecemos é que muitas vezes também  precisamos ser perdoados,pelos outros e por DEUS.
Na hora de cobrar o perdão é facíl, mais de perdoar é difícil.
Então precisamos lembrar da oração do Pai nosso,onde nos ensina o seguinte;
Veja um trecho (*...PERDOA-NOS AS NOSSAS DÍVIDAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS OS NOSSOS DEVEDORES*...)   Mateus 6:12
Oração bastante conhecida mais pouco praticada.
Em outro trecho deste capítulo diz;  (*PORQUE ,SE PERDOARDES AOS HOMENS AS TUAS OFENSAS,TAMBÉM VOSSO PAI CELETIAL VOS PERDOARÁ A VÓS.SE PORÉM ,NÃO PERDOARES AOS HOMENS AS SUAS OFENSAS, TAMBÉM O VOSSO PAI NÃO PERDOARÁ AS VOSSAS OFENSAS.*)  Mateus 6;14 e 15.
Então o receber perdão está condicionado também em perdoar.

Você quer receber perdão ?







Então perdoe também.
Nós seres humanos precisamos constantemente de perdão,principalmente o perdão Divino.
E outra coisa ,não tenha vergonha de dizer;


Precisamos ter um coração pronto a perdoar,sem rancor ou magoas,para que você tranforme o mundo que está ao teu redor um pouco melhor.


MUITOS ABRAÇOS.........................................VIDDA.......................................................................










7 comentários:

  1. Olá,

    Muito boa esta sua postagem. Perdoar realmente não é fácil, mas devemos lembrar que, muitas vezes nós também eramos e com certeza gostariamos de ser perdoados pelos nossos erros, na maioria das vezes não se era por maldade, é comum erar, e muito importante perdoar, é bom pra quem é perdoado e principalmente para quem perdoa!

    Grande Abraço;

    Lauro Daniel

    ResponderExcluir
  2. Amei o Blog sua doçura me encanta Meu Amigo.
    O perdão é o maior presente que alguém pode receber. E o melhor e mais caro que alguém pode dar.

    Um Grande Beijo no Coração.

    Elisiane

    ResponderExcluir
  3. Bem,

    Eu, como turrão e rancoroso que era (ainda sou, mas bem menos), tenho uma receita infalível para induzir o perdão, para provocá-lo...

    Levantar a mão aberta do ofendido, mesmo que nçao por vontade dele, em direção ao que lhe ofendeu...somente o orgulho lhe paralisa os membros ou os faz ir em espasmos contra o ofensor, de punhos cerrados.

    Isso funcionou cmgo, fizeram isso comigo. E eu acabei derretendo e eu é que pedi desculpas por ter sido tão inflexível!! Em seguida, a outra pessoa chorou e tamb´me me pediu desculpas.

    Memórias de Ebrael...kkkkkkkkk

    Abçs!!

    ResponderExcluir
  4. O perdão enobrece e tira um peso dos ombros. Deus quer nos ajudar com relação ao perdão,pois é de suma importância comparecer perante Ele com o coração limpo e puro..
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Vivemos num materialismo muito acentuado, por isso é difícil perdoar.

    Principalmente quando envolve dinheiro entre as partes.

    Mas há necessidade sempre!

    ResponderExcluir
  6. Olá amigo, a paz do Senhor!

    Perdão....Acho difícil falar sobre o perdão, da forma como a maioria das pessoas o expressa.

    Para quem nasceu numa igreja evangélica, durante toda minha vida ouvi sobre o amor, o perdão, a fé, a bondade, e .....todo o legado que Deus nos deixou através de seus ensinamentos.

    Nada aprendemos se não vivenciarmos os ensinamentos que recebemos. Nos meus 61 anos de existência, já não me lembro de como agia quando criança, se perdoava ou não, mas, já na idade adulta, lembro-me de que li um livro intitulado "Em seus passos que faria Jesus", que fez uma transformação em minha vida. Meus amigos da época não tiveram a mesma sensação que senti com a leitura do livro. E quando comento, atualmente sobre esse livro, que se encontra na biblioteca da Igreja à disposição dos membros e falo da transformação que senti, percebo que alguns pegam o livro para ler, mas nada comentam. Acho que através desse livro o Espírito Santo se manifestou em mim, pois parece que só eu entrei na estória.
    Nesse livro, os membros de uma pequena Igreja se propuseram a fazer uma pergunta a cada ação que tivesse que tomar:- Exatamente o título do livro.
    A narração do autor me levou a participar daquela comunidade e a começar daquele dia a me perguntar: Nesta situação o que faria Jesus.
    Essa pergunta eu me fazia diariamente, em todas as situações. Pensando em como Jesus agiria, não tinha como errar e desagradá-lo.

    Amigos, se a gente acredita que Jesus veio ao mundo para nos salvar; que Ele é o nosso Senhor e único; que nos ama e nos perdoa de imediato por todas as faltas que cometemos e que sinceramente nos arrependemos; que se por ventura ofendermos ao nosso próximo, seremos humildes em pedir desculpas e perdão, pois como já foi dito em comentário anterior, errar é humano, não tem como não perdoar.

    Se Jesus perdoou, quem somos nós, tão pequeninos diante da Grandeza dEle, para não seguir seus passos e perdoar?????

    Escrevi tudo isso, amigos, para dizer que não tenho dificuldade nenhuma em perdoar a quem me ofender, me maltratar, a quem “puxar o tapete” (escrevi esta expressão, porque quem já foi ou é funcionário público sabe muito bem que isso acontece facilmente). Procuro sempre pensar o que Jesus faria. Procuro sempre dar uma desculpa ao ofensor, tipo:- Ah! Ele falou assim porque talvez esteja com problemas, ou com a saúde abalada, etc... e deixo como está, perdôo e sigo mais feliz. A mágoa é que nos deixa tristes e doentes.
    O melhor é perdoar, procurar ajuda de Deus em tudo e não teremos motivos para sofrer por motivo que o outro provocou.

    Não entendam minha facilidade em perdoar como autopromoção, apenas como discípula obediente aos ensinamentos de Deus.

    Perdão amigo, autor do texto, por ocupar tanto espaço em seu post para manifestar meu sentimento. Poderia fazer isso em uma publicação no blog que recebi(ainda tenho reservas em falar meu blog, já que nada contribuí para a sua formação), mas daí, poderia perder o sentido do que quis expressar em relação ao seu texto. Perdão, amigo.

    Que Deus o abençoe ricamente.
    Fraterno e carinhoso abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir